Sobre a Saint Paul
Transformamos a vida das pessoas e a sociedade por meio do conhecimento, promovendo o melhor capital intelectual nas áreas de finanças, gestão e negócios. Neste Blog, apresentamos soluções para as principais dúvidas sobre desenvolvimento profissional, carreira e mercado, por meio de conteúdos exclusivos. Boa leitura!
valuation

A expectativa do empresariado global para os próximos três anos é que o setor de fusões e aquisições cresça em 33%. No ano passado, foram US$3.8 trilhões de fusões e aquisições globalmente. Esses números são da pesquisa global International Business Report (IBR)– A seller´s market is set to continue after a big year for M&A, realizada pela consultoria e auditoria Grant Thornton. A amostra envolveu líderes empresariais de 36 países que abriram suas expectativas para o setor dentro de um futuro próximo.

 

Olhando especificamente para o Brasil, o mercado de M&A (Mergers and Acquisitions) deve ser impulsionado pelo interesse de aquisições de investidores estrangeiros em empresas brasileiras.

 

Diante desse cenário, o valuation - processo que estima o valor de uma empresa de forma sistematizada por meio de um modelo quantitativo - torna-se fundamental para realizar uma avaliação e análise da empresa aprofundada, considerando as metodologias e estudo das variáveis para aprimorar a tomada de decisões em caso de fusão ou aquisição.

 

E por que realizar o valuation é importante?

 

Quando falamos de fusão e aquisição, o primeiro aspecto que se deve considerar na análise financeira é se a transação faz sentido do ponto de vista estratégico para a organização. Para isso, é importante entender o posicionamento de negócio, os direcionadores de valor e seus objetivos estratégicos.

 

Por exemplo, no caso de uma grande empresa aérea ter um preço muito competitivo, apresentando-se com uma excelente oportunidade de aquisição. Não é por conta dessa oferta que uma companhia referência na área alimentícia deve pensar num processo de fusão ou aquisição com a empresa aérea.

 

A avaliação estratégica da negociação precede qualquer avaliação econômica e, dessa forma, a realização do negócio tem que fazer sentido estratégico e também industrial.

 

New Call-to-action

 

Uma vez superada a questão estratégica, passamos para a questão financeira, empregamos as metodologias de cálculo de valor da companhia usualmente aceitas para avaliar o ativo do ponto de vista econômico financeiro, afinal, não se justifica pagar qualquer valor por uma empresa, mesmo que o alinhamento estratégico seja perfeito.

 

Usualmente, empregamos as técnicas de valuation com base na expectativa de valor futuro a ser gerado pela empresa alvo.

 

Principais passos para a realização do valuation

 

# Conheça o posicionamento da sua empresa

 

Entenda quais são os riscos e as oportunidades que existem no negócio e no mercado de atuação. Verifique também quais os aspectos que valorizam sua empresa e os que podem reduzir seu valor de mercado. Ao obter essas informações, você pode traçar um plano de melhoria para reverter os aspectos negativos.

 

# Estime o fluxo de caixa

 

Faça o cálculo do fluxo de caixa da empresa. Para isso, considere o montante recebido menos o montante gasto. Considere como a empresa financia suas operações.

 

# Defina a taxa de desconto

 

Feito o cálculo do fluxo de caixa é preciso definir a taxa de desconto, ou taxa mínima de atratividade. Considera-se o custo de oportunidade do investidor.

Este é um dos parâmetros mais críticos do valuation, e muitos erram esta etapa por falta de consistência. Por exemplo, seria equivocado projetar o fluxo de caixa do acionista, e descontar este fluxo pelo WACC, que é a taxa de desconto do fluxo de caixa da firma.

 

# Utilize as metodologias de cálculo de valuation

 

Com o cenário acima definido, é a hora de aplicar as metodologias de valuation. Uma maneira de fazer isso é trazendo os resultados para o valor presente e somá-los.

Mas antes de qualquer etapa, é fundamental que tenha conhecimento real da sua empresa, questionando se o valor que os acionistas e administradores enxergam, considerando seus riscos e oportunidades, é o mesmo valor percebido pelo mercado. Afinal, quem compra é quem de fato dita quanto vale.

 

No post Aprenda a fazer o valuation da sua empresa, falamos mais a respeito das metodologias que podem ser usadas para ajudar nesse processo.

 

Mas lembre-se: analisar sua empresa e a área de atuação é um processo que deve ser constante e consistente para que se possa determinar assertivamente o cálculo do valor da companhia ou mesmo ter parâmetros para realizar uma aquisição vantajosa.

José Roberto Securato Junior
Sócio Fundador da Saint Paul Advisors & Saint Paul Capital Partners

Posts Relacionados

New Call-to-action
New Call-to-action
New Call-to-action
Baixe nosso infográfio: Design Thinking

Posts populares