A tecnologia está mudando o futuro da tesouraria. Até então, se pensava que este setor funcionava somente off-line, sem a interferência externa. Porém, novas tendências surgem constantemente e podem beneficiar, e muito, a área de gestão de finanças.

Tesouraria online: por que é importante conhecê-la?

 

Processos manuais geram uma grande dificuldade para gestores, pois além da necessidade de mais tempo, ainda estão mais susceptíveis a erros. Para uma gestão eficiente dos recursos financeiros é fundamental que os procedimentos da tesouraria sejam executados de maneira integrada, ágil e segura.

 

Aqui chegamos ao ponto fundamental deste artigo: o gestor de tesouraria (e o CFO em geral) deve estar sempre “antenado” sobre quais ferramentas o mercado oferece e quais podem beneficiar sua empresa. Exemplos não faltam!

 

Ph.D em Gestão Estratégica e professor de MBAs e Especializações da Saint Paul e de outras Escolas de Negócios, Fernando Ruiz diz que já não basta mais ao profissional de finanças dizer que tem conhecimento sobre a área. 

 

“Hoje em dia não tem como ficar parado e achar que já tem o conhecimento. Ele (o profissional) precisa estar o tempo todo se renovando, conectado em novas tendências. Existem várias plataformas de ensino a distância com temas emergentes, que podem contribuir para ele trazer isso para dentro da empresa. Desta maneira, ele pode tentar gerar mais valor ou tornar a empresa mais eficiente ou ainda tornar a gestão de risco mais eficiente, minimizando ameaças para a empresa”, explica..

 

Análise de dados, inteligência artificial e técnicas para gestão são algumas das tecnologias que estão causando a revolução tecnológica na tesouraria. 

 

Outro bom exemplo são aquelas ligadas à internet do dinheiro. “Isso quer dizer que quando se fala de um dinheiro novo, como as criptomoedas, o gestor deve analisar em que momento a empresa deve investir nisso ou não”, complementa Ruiz, que também é Fundador e Diretor Executivo da NeoStrategy.

 

Análise de dados para tomar a decisão certa

 

O mundo está gerando muito mais dados hoje do que há décadas atrás. Muitos desses dados estão disponíveis, mas boa parte não é usada por falta de conhecimento dos gestores. 

De acordo com o professor Fernando Ruiz, informações valiosas podem ser obtidas a partir da análise dessas informações: 

 

“A inteligência é o dado tratado, e nele adicionado o insight e experiência. E o resultado disso vai ajudar o gestor na tomada de decisão, transformando isso em valor, em vantagem competitiva para a organização.

 

Ruiz também alerta para um conceito errado de que não é possível utilizar o analytics, ou a inteligência analítica, para a área de finanças.

 

“Este é um mito muito grande, pois há informações valiosas, como a questão de moedas ou termos de custos, fornecedores ou matéria prima. Também é possível analisar uma base histórica de custeio, para tomar decisões de investimento. Imagina o volume de dados que você tem disponível na área financeira para tomar decisões e gerar mais lucro para a empresa nos próximos anos”, complementa.

 

Ferramentas úteis para se conhecer

 

Abaixo estão algumas ferramentas de tesouraria online que o gestor deveria conhecer, estar antenado ou ainda ter alguém na equipe que domine:

 

  • ERP (Enterprise Resource Planning): Sistema integrado de gestão de toda a empresa;
  • CRM (Customer Relationship Management): Software de gestão do relacionamento com o cliente;
  • SRM (Supplier Relationship Management): Software de gestão do relacionamento com fornecedores;
  • Ferramentas de research: Bloomberg, Thomson, Euromonitor, entre outros podem ajudar com informações de economia, finanças, setoriais etc;
  • Business Intelligence: módulos de BI permitem que o gestor faça as mais diversas análises do negócio;
  • Ferramentas de analytics em geral (Google Analytics, Adobe Analytics, Navegg, entre outros);
  • Ferramentas de tratamento estatísticos de dados multivariados: SPSS, SAS, matlab, Minitab etc;
  • Ferramentas de social media analytics: Desde as ferramentas das próprias mídias sociais como Facebook Analytics, Linkedin Analytics etc, como diversas ferramentas free e outras mais robustas, pagas.

Vantagens da tesouraria online

 

São várias as vantagens da tesouraria online. Entre elas podemos citar:

 

  •  Cobrança automática: centraliza em uma única carteira todas as atividades de cobrança. Assim, não é necessário que várias pessoas acessem múltiplos sistemas para fazer cobranças, sem falar que todo processo manual passa a ser automatizado.
  • Conciliação instantânea: as informações são conciliadas automaticamente, convergindo para a apuração e auditoria da operação como um todo.
  •  Autorizações de pagamentos: proporciona maior visibilidade, transparência e agilidade para o gestor no processo de autorização. Além disso, o processo de autorização fica mais eficiente e permite uma maior minúcia ao auditar as informações.
  • Segurança da Informação: a nuvem melhora a segurança ao tirar dados e fluxos de trabalho de dentro da organização, uma vez que um espaço físico está sujeito a intempéries.

 

Neste conteúdo você conheceu algumas ferramentas da tesouraria online, sua importância e vantagens. Gostou de saber mais sobre o futuro da tesouraria?

 

Então, talvez você também se interesse em saber qual a importância da gestão de tesouraria para as decisões estratégicas da empresa. Até a próxima!

 

Fernando Ruiz

Posts Relacionados

Baixe o ebook agora!
New Call-to-action
New Call-to-action
New Call-to-action
New Call-to-action
New Call-to-action
Baixe nosso infográfio: Design Thinking

Posts populares