Análise de demonstrações Financeiras Modelo DRE  Balanço Patrimonial

Os resultados financeiros do trimestre passado ficaram aquém do esperado? É preciso identificar oportunidades para melhorar a rentabilidade do negócio e diminuir custos, sem prejudicar a operação.


Qual a melhor maneira de fazer isso?


Aprofundar a análise de demonstrações financeiras da empresa é uma excelente maneira de entender a performance de diversos indicadores empresariais e tomar decisões mais assertivas.


Confira dicas importantes para extrair melhores informações das análises de demonstrativos financeiros.


# Conheça o negócio

Parece básico, mas não é. Muitos profissionais da área financeira estão habituados a olharem somente para os números e, com isso, esquecem da importância de entender profundamente o negócio da empresa. Se você trabalha em um laboratório de análises clínicas, por exemplo, terá que compreender a logística de transporte dos exames, as estratégias e custos das ações de marketing, o fluxo de produção e atendimento em cada unidade, o posicionamento dos concorrentes no mercado e por aí vai. Os números são importantes, mas você só conseguirá tomar decisões ao entender o negócio com um todo.


# Entenda de contabilidade

Os termos usados em contabilidade são complexos e isso pode trazer dificuldades na interpretação dos demonstrativos financeiros. No entanto, da mesma forma que é importante compreender o funcionamento do negócio é também essencial entender as conexões da contabilidade. Tenha em mente que tudo parte do balanço patrimonial. É a partir dele que você entenderá quais foram as decisões de investimentos e os valores investidos para alcançar os resultados.


# Aprofunde a análise da DRE

A Demonstração de Resultados do Exercício (DRE) fornece um resumo do resultado das operações da empresa dentro de um determinado período de tempo. Os resultados apresentados no modelo DRE possibilitam análises gerenciais e permitem tirar conclusões sobre o histórico e projeção de crescimento da empresa e o impacto dos custos na operação. Com isso, fica mais fácil descobrir, por exemplo, quanto cada produto ou serviço  está contribuindo, de fato, em ganho de receita e geração de resultado.


# Lucro não é caixa

No momento de analisar a DRE na tentativa de obter insights de novas oportunidades para o negócio é importante lembrar-se que lucro é uma coisa e fluxo de caixa é outra. Portanto, tenha bem separado essa análise antes de prever um investimento.

 

New Call-to-action


Ao analisar os dados, às vezes, o gestor consegue chegar à conclusão que é mais viável descontinuar a venda de um produto específico, pois ele gera mais gasto do que retorno.


Para chegar a essa análise, os relatórios financeiros se baseiam em dados gerados a partir dos registros das transações realizadas na companhia como compra, venda, pagamento, recebimento, depreciação, estoque e etc.


Quando as informações são alimentadas de forma correta na DRE, a área de finanças consegue avaliar a capacidade da empresa de gerar resultadoe identifica sua real saúde financeira.


Independente do porte e segmento de atuação da sua empresa, realizar a análise conjunta do Demonstrativo de Fluxo de Caixa, do Balanço Patrimonial e da DRE é uma excelente maneira de fazer uma avaliação precisa da verdadeira situação da empresa e tomar decisões alinhadas com a estratégia de negócio.

André Nardy
Coordenador Acadêmico Saint Paul

Posts Relacionados

New Call-to-action
New Call-to-action
New Call-to-action
New Call-to-action
New Call-to-action
Baixe nosso infográfio: Design Thinking

Posts populares