Sobre a Saint Paul
Transformamos a vida das pessoas e a sociedade por meio do conhecimento, promovendo o melhor capital intelectual nas áreas de finanças, gestão e negócios. Neste Blog, apresentamos soluções para as principais dúvidas sobre desenvolvimento profissional, carreira e mercado, por meio de conteúdos exclusivos. Boa leitura!

Você já pensou na importância de ter uma equipe motivada? Ou no protagonismo do colaborador em relação à sua carreira e o alcance de objetivos individuais e organizacionais?

 

Esse é um tema cada vez mais relevante para as empresas, mas nem todo mundo reflete sobre essa questão. É preciso ter um esforço conjunto entre o colaborador e os gestores a fim de que o sucesso seja o resultado.

 

Para ajudar nessa empreitada, neste post vamos apresentar como ter uma equipe motivada e de alta performance e a importância desse assunto para os colaboradores e a própria empresa.

 

Importância de ter uma equipe motivada

 

Toda empresa possui seus objetivos e metas pré estabelecidos, que serão alcançados na medida em que o gestor adotar uma postura e atitude de orientação, de desenvolvimento e acompanhamento de sua equipe de trabalho, e os colaboradores, por sua vez, tiverem seus propósitos de vida pessoal e profissional, alinhados ao empresarial.

 

Para as organizações é fundamental que os  líderes efetivamente desempenhem seu papel. Eles devem:

  • ser profissionais que invistam em si mesmos. Os líderes precisam conquistar credibilidade pessoal por meio de sua capacidade de aprender, agir com integridade social e emocional, além de tomar decisões e agir com confiança.
  • se preocupar com o negócio: Visão Estratégica. Ter visão de futuro.
  • ter um olhar corporativo em busca de resultados
  • se preocupar em fazer as coisas acontecerem. Ser capaz de realizar, apresentar resultados, fazer a mudança acontecer.

 

No entanto, o gestor tem uma responsabilidade principal: cuidar da gestão de pessoas. A ideia é fazer o gerenciamento dos talentos humanos corporativos, de maneira a motivá-los e buscar o engajamento desses profissionais a fim de alcançar a visão de negócio, ou seja, onde a empresa está e onde deseja chegar.

 

À medida que o gestor compartilha sua visão de negócio, ele permite que a equipe reconheça seu papel enquanto agente de entrega. Ao mesmo tempo, o indivíduo entende que, como profissional, deve buscar atender a performance esperada pela companhia.

 

Essa questão impacta diretamente a produtividade do colaborador e de toda a empresa. Mesmo assim, ainda é um desafio para o gestor.

 

Dicas para manter a equipe motivada

 

O gestor é fundamental nesse processo. Ele necessita identificar e observar os perfis de comportamentos de seus colaboradores, com intuito de adequar a forma de se relacionar e comunicar-se com cada pessoa. O que fazer, bem como, o Como fazer deve estar claro de modo a alcançar os resultados esperados pela organização.

 

Nesse contexto, algumas dicas que ajudam a motivar a equipe são:

 

Respeite as diferenças dos colaboradores

As pessoas têm competências, conhecimentos e habilidades diferentes – e isso deve ser respeitado. Avalie se a equipe é iniciante, se o profissional já está há muito tempo na empresa e no cargo, e se já desenvolveu algumas habilidades, se ele sabe fazer e ensinar ou se precisa de um direcionamento mais próximo por parte do gestor.

 

É inviável tratar todos igualmente e fazer as mesmas exigências. Há diferenças de expectativas, comportamentos, personalidades, etc. Por isso, o gestor deve buscar o fortalecimento e despertar a consciência dos liderados de modo a identificar se as metas individuais estão ao encontro das corporativas.

 

Ajude a alinhar os objetivos pessoais aos corporativos

O que motiva um colaborador não necessariamente motivará outra pessoa. A liderança necessita conhecer os objetivos e metas individuais de cada colaborador e buscar alinhar aos objetivos e metas corporativas, ou vice versa.  É preciso identificar se o ambiente corporativo está de acordo com as expectativas individuais.

 

Permita o protagonismo do colaborador

O profissional deve ser protagonista de sua carreira, porque ela depende única e exclusivamente de si mesmo. O colaborador precisa alinhar sua expectativa de carreira às estratégias corporativas do negócio.

 

O gestor não pode ser o único responsável. Por isso, deve ser transparente, construir uma relação de confiança e comunicar à equipe onde se deve chegar, o que e como fazer.

 

Defina papéis e responsabilidades individuais e da equipe

Essa atitude permite que você direcione suas ações a partir das competências individuais. O objetivo é buscar orientar, educar, formar e desenvolver as pessoas. Assim, é possível criar um ambiente saudável e uma relação de confiança, que só é estabelecida na medida em que há credibilidade no gestor.

 

Seja respeitado

Respeite para ser respeitado. A equação da confiança existe na medida em que há credibilidade na relação, através da competência reconhecida, do histórico, da jornada construída, da referência e do comportamento ético.  Observe que o líder não precisa ser amado, mas deve ser respeitado. É assim que se alcança o compromisso de construir.  

Um líder com excelência é aquele que estabelece um clima de confiança e de entusiasmo permanente junto as pessoas com as quais trabalha e dentro da empresa.

 

Fomente o desenvolvimento interno das equipes

Esse é um dos principais papéis do gestor, que é o de orientar, treinar, acompanhar e delegar poder. Uma das formas de praticar e conquistar o desempenho das equipes, é elaborar conjuntamente com o colaborador, o seu Plano de Desenvolvimento Individual (PDI).

 

Repasse feedbacks

Um ambiente saudável prevê essa prática. É importante que o gestor consiga conversar com a equipe sobre seu atual momento, além de abordar o colaborador, como ele se vê, se percebe, verifica seus pontos fortes e de melhoria que podem ser desenvolvidos. Dessa forma, podemos integrar as 3 dimensões do pensar, sentir e agir.

 

New Call-to-action

 

Benefícios do MBA para o gestor

 

O gestor deve ir além e efetivamente ajudar o colaborador. É preciso mais do que dizer O que é necessário melhorar e desenvolver-se. Ser um líder é exercer um papel de educador. É preciso apontar o caminho e inspirar as pessoas.

 

Nesse cenário, o MBA pode ajudar. Ao focar o desenvolvimento profissional, esse curso permite aperfeiçoar sua carreira e melhorar suas competências. O MBA também mostra que você é uma pessoa interessada, que automaticamente se torna interessante para o mercado.

 

O MBA também possibilita pensar sobre sua carreira e determinar quais são seus objetivos e verificar se eles estão alinhados aos corporativos. Ou seja, mais que considerar o lado teórico e prático, esse curso prepara as pessoas para ficarem mais dispostas a se tornarem agentes transformadores.

 

Fazer o MBA também é uma forma de se mobilizar, valorizar sua trajetória profissional à medida que toma decisões comprometidas com os princípios éticos e valores corporativos, além dos pessoais.

 

Essa questão é ainda mais bem trabalhada no MBA Executivo em Liderança e Gestão, da Saint Paul Escola de Negócios em parceria com a ESMT, a escola de negócios de Berlim. O currículo trabalha aspectos teóricos e práticos e faz você se tornar um profissional mais experiente.

 

Então, já reconhece a importância de ter uma equipe motivada? Siga as dicas que preparamos e tenha uma equipe de alta performance. Para ter acesso a outros conteúdos relevantes, assine a nossa newsletter.

Sandra Gentil

Posts Relacionados

New Call-to-action
New Call-to-action
New Call-to-action
Baixe nosso infográfio: Design Thinking

Posts populares