Cargos de gestão são posições almejadas por muitos colaboradores em suas carreiras. Assumir uma função gerencial é algo de destaque, mas que exige uma série de competências profissionais. A empresa deposita sob os ombros de seus gestores a confiança para criação de um trabalho produtivo, condizente com a realidade da empresa e que gere resultados, tudo isso sempre com foco na estratégia.

Quem busca executar bem as funções desse tipo de cargo precisa ter em mente que o destaque e o reconhecimento começam com o trabalho bem feito.

Separamos algumas dicas para você conhecer um pouco mais sobre alguns pontos importantes para quem busca se destacar como gestor.

 

Reconhecimento sobre a importância de sua atuação para a empresa

O primeiro passo para se destacar como profissional de gestão em empresas que operam no mercado financeiro é saber reconhecer o papel estratégico que a sua função requer.

O princípio da atuação com estratégia passa primeiro por conhecer bem qual o negócio da empresa, como ela se posiciona no mercado e perante os stakeholders e como a sua atividade - e de todo o setor que é gerenciado por este profissional - se insere dentro da cadeia corporativa, atuando na obtenção dos resultados esperados. 

Isto é o alicerce do trabalho bem executado.

 

Capacidade de execução

Gestores de sucesso também possui algo em comum: a capacidade de execução. O resultado do trabalho do gestor é proveniente do trabalho de outros membros da sua equipe, por isso é tão importantes saber executar suas funções, delegar demandas de forma inteligente e planejar o trabalho e os recursos que estão sob sua responsabilidade.

Essa capacidade de execução que um gestor necessita está bastante conectada com a sua postura de liderança. Um profissional que exerce um papel construtivo junto aos seus colaboradores colhe resultados melhores e consegue criar um ambiente produtivo em que todos têm a ganhar.

 

Como fazer uma boa Análise de Cenário

Um gestor de sucesso sabe que um trabalho estratégico e que gera resultado não pode ter sua perspectiva voltada apenas para as questões internas da empresa. É claro que é preciso estar alinhado como os processos corporativos e com a visão e os valores, porém, é preciso olhar o cenário de maneira mais ampla, contemplando também o mundo que envolve a empresa e sua atuação.

Uma empresa não funciona isolada do mundo. Ter uma visão meramente técnica do trabalho é algo que o gestor deve evitar. É preciso olhar o mercado de dentro para fora, analisar a situação econômica atual e interpretar qual o posicionamento da Instituição perante seus consumidores, parceiros e concorrentes.

Para realizar uma boa análise de cenário, o gestor preciso focar em quatro ponto principais:

 

1.Conhecimento das ferramentas e fundamentos

Trata-se de um ponto fundamental. O gestor precisa conhecer quais são os recursos disponibilizados para realizar a análise de cenário. Aqui estamos falando tanto de estudos e relatórios como também de softwares de gestão, de análise de mercado e de planejamento estratégico.

 

2. Saber reconhecer, interpretar e contextualizar dados relevantes

Informação é tudo. Uma boa análise de cenário leva em consideração dados relevantes, tanto aqueles gerados internamente quanto os que são providenciados por fontes externas e confiáveis, como por exemplo, o Banco Central.

Mudanças na economia, na política e na sociedade abalam o mercado financeiro, portanto, se municiar das informações certas fornece à empresa a possibilidade de reavaliar diversos pontos de sua atuação para que seja possível seguir colhendo bons resultados.

 

3. Visão crítica

É preciso ter visão crítica e analítica do cenário para saber transpor as informações provenientes dos dados para a realidade da empresa, por isso, é fundamental obter conhecimento e se preparar para obter sucesso nessa interpretação.

 

4. Análise do esforço com o tempo disponível

Os três pontos apresentados até aqui se fecham com a tomada de decisão. Conhecendo as ferramentas, tendo os dados em mãos e aplicando uma visão crítica sobre eles, o gestor está preparado para analisar qual o esforço envolvido nessa análise e como ela deve ser feita.

Muitas vezes a empresa não dispõem de tempo nem recursos para realizar um profundo diagnóstico de cenário, e é aqui que a capacidade de tomada de decisão do gestor aparece.

 

Visão ampla

Quando inicia suas atividades na área financeira de uma empresa, o gestor precisa estar preparado para expandir suas visões. É comum que a porta de entrada dos colaboradores nesse tipo de função seja na parte operacional, focando em um segmento específico da empresa.

Porém, ao passar para um cargo de gestão, o profissional precisa ampliar seus horizontes de conhecimento e adquirir um conhecimento amplo sobre finanças, gestão de risco, finanças empresariais e liquidez para o negócio. Mais importante do que domar esses conhecimento é entender como eles contribuem para a geração de valor na empresa.
--
Ao ter em mente esses pontos apresentados aqui, o gestor está preparado para atuar com qualidade junto à empresa, algo que é fundamental para seu destaque e crescimento profissional.

É importante ressaltar que a ampliação de conhecimentos é fundamental, por isso, todo gestor que pretende alcançar o sucesso deve estar sempre aberto e se dedicar ao estudo e obtenção de novas informações que são chave para sua atuação.

Todos esses pontos apresentados aqui e diversos outros conteúdos são abordados nos programas de MBA Executivo desenvolvidos pela Saint Paul Escola de Negócios desenvolvidos em parceria com a ESMT.

New Call-to-action

Bruno Villela

Posts Relacionados

New Call-to-action
New Call-to-action
New Call-to-action
New Call-to-action
New Call-to-action
Baixe nosso infográfio: Design Thinking

Posts populares